logo ceia 200

CÍRCULO: Todo ser tem um campo de ação limitado onde atua. O Círculo representa aqui o campo de atuação do Mestre, o mundo do Mestre, dentro do qual ele utiliza todas as suas forças.

PENTAGRAMA: É a estrela de 5 (cinco) pontas. Representa o  Número 5,  o homem que domina e comanda os 4 elementos ( terra, água, fogo e ar) dentro e fora de si; em outras palavras: a cabeça comanda as paixões, as emoções. É o sinal do iniciado, do homem perfeito.

O SOL: As forças solares, positivas, masculinas,  ativas, criadoras.

LUA:  As forças lunares, negativas, femininas,passivas, magnéticas, fecundantes. A localização e tamanho dos símbolos do sol e da lua mostram o equilíbrio das duas forças.

LANÇAS:  As lanças representam as forças Una em essência, porém dual em sua manifestação. Orientadas de cima para baixo, do plano espiritual para o material. A firmeza no trabalho.  O formato em cruz simboliza as mesmas forças ativas em ação . O quadrado representa o repouso. Essa força Una tanto pode matar como curar; é essa a dualidade.

3 PONTOS: O triângulo com a ponta voltada para baixo, tem o sentido do sacrifício e é encontrado na Índia como uma espécie de representação esquematizada do cálice  sacrificial, sendo igualmente um símbolo do coração. O “triangulo do coração” é uma expressão corrente nas tradições orientais. Como cálice sacrificial, nos dá o sentido da eternidade, indicando o caminho do sacrifício. Isto significa que o Mestre vem trabalhar e fundou a sua casa com as forças do Amor e do Sacrifício.

No simbolismo cristão, lança e cálice estão muitas vezes unidos: o cálice sendo o Graal que, conta a lenda, recolheu o sangue de Cristo na cruz; e a lança, a do centurião Longinos, que feriu o Senhor – lança esta a qual atribuíram o poder de curar.